Prótese Esquelética

A prótese dentária esquelética é um tipo de prótese removível. De entre as próteses, esta será provavelmente uma das mais utilizadas em todo o mundo.

Para ficar com uma ideia mais concreta do que é uma prótese esquelética, veja as imagens que se seguem. Perceberá que se trata de uma prótese que necessita de dentes para que se possa “ancorar” e assim funcionar correctamente.

De é feita a prótese esquelética?

A prótese esquelética é criada com o apoio de resinas que são colocadas numa base de sustentação, ou esqueleto (daí a designação de prótese esquelética), que é feito de uma liga metálica inoxidável, em regra (crómio, níquel ou até cobalto). Os dentes podem ser de porcelana e de uma resina específica.

É uma prótese bem mais fina que a prótese total (dentadura), pois a sua estrutura metálica permite-lhe ser assim. Torna-se mais confortável de usar que muitas outras próteses, mas requer um tempo de adaptação relativamente elevado. A sensação de ter algo estranho agarrado aos outros dentes, assim como a adaptação da própria gengiva, leva o seu tempo.

Como é usar uma prótese esquelética?

No início é desconfortável, desagradável e até doloroso. Mas, sabendo o seu usuário que não tem outro remédio senão adaptar-se à mesma, o caminho é ter paciência e fazer um esforço para se adaptar, retirando a prótese o menor número de vezes possível. Sabemos que a tentação de a tirar é muita, mas fique a saber que quanto mais vezes andar sem a prótese, mais tempo a adaptar-se e mais aborrecido será este processo. Se você usa prótese, é porque precisa. Use-a sempre.

Outra questão que muitos colocam é: a fala. Pode ter a certeza de que a sua fala se vai alterar. Porquê? O que faz a sua voz soar como soa é todo o conjunto oral, cordas vocais, boca, dentes e lábios. Qualquer alteração em algum destes componentes, fará a sua voz alterar-se. De novo, o único caminho é tentar adaptar-se rapidamente. Não lute contra a forma como agora pronuncia as palavras, adapte-se.

A prótese esquelética é a melhor prótese?

Não, não é a melhor. A melhor solução para repor dentes perdidos, é e será durante muito tempo, o implante dentário. Disso não há dúvidas. O problema é que a maioria das pessoas não tem dinheiro para adquirir este tipo de “prótese”. Outra solução para a perda parcial de dentes são as pontes. Apesar de mais baratas que os implantes, podem não ser a melhor solução para todas as pessoas. Além de serem mais caras que as próteses esqueléticas.

Assim, será fácil concluir: as próteses esqueléticas, apesar de não serem as melhores em termos estéticos, são das mais baratas. E o que a maioria das pessoas procura é isso mesmo, uma prótese económica e que substitua a ausência de dentes da forma possível.

Os inconvenientes deste tipo de prótese

Comecemos pela parte estética. Muito sinceramente andar com granchos metálicos à vista, é horroroso. Esteticamente funciona muito mal. Mas, como verá este nem é o pior dos inconvenientes.

O pior de uma prótese esquelética é o facto de poder danificar os outros dentes onde se apoia. Como? Algumas destas próteses usam ganchos metálicos que se prendem à base de outros dentes. Está a ver o problema? Com o tempo e com milhares de vezes que a prótese se vai mexer durante a mastigação, provoca desgaste nesses dentes onde se apoia.

Deixe o seu comentário

O seu e-mail não será divulgado