Plasma Rico em Plaquetas

O que é o Plasma Rico em Plaquetas (PRP)?

O Plasma Rico em Plaquetas (PRP) é substancia obtida diretamente através do plasma sérico que circula no nosso corpo.
As plaquetas são componentes do sangue responsáveis por estancar hemorragias e iniciar, dessa forma, o processo de cicatrização e regeneração.
Há alguns anos descobriu-se que o PRP possui propriedades regenerativas, pelo que começou a ser utilizado em certas áreas da medicina como a ortopedia e a reumatologia para auxiliar a recuperação dos tecidos do nosso corpo.
Mais recentemente, as técnicas de obtenção deste plasma foram melhoradas, conseguindo-se obter cada vez maiores concentrações dos chamados fatores de crescimento.
São estes fatores de crescimento presentes no plasma rico em plaquetas que, ao serem aplicados na pele, atuam como um nutriente natural que promove a saúde da pele. 

Como se obtém o PRP?

O PRP obtém-se através de uma técnica especial de centrifugação de uma amostra de sangue da própria pessoa.
Este sangue é sujeito a um processo de centrifugação a altas velocidades que faz com que o plasma se separe dos restantes componentes do sangue, como por exemplo, das hemácias (que dão a cor vermelha ao sangue).
Através deste processo obtém-se um líquido amarelo dourado – o plasma.

Como se processa o tratamento?

O seu médico recolhe 15 ml do seu sangue para isolar as plaquetas (trombócitos). É utilizado um dispositivo médico especial e uma centrifugadora para este procedimento.

O médico faz uma injeção no local de tratamento (por ex. rosto, cabelo) para estimular os processos de regeneração corporal.
As plaquetas contêm fatores de crescimento que promovem a produção de substâncias de preservação celular, incluindo colagénio e ácido hialurónico.
A forma como as plaquetas fecham e encorajam a cicatrização estimula a regeneração e o metabolismo celular.

Quais as vantagens do PRP?

  1. É uma substância corporal autóloga (do próprio doente), por isso mais seguras e bem toleradas que outras técnicas de infiltração / preenchimento
  2. Aparência de beleza natural, sem efeito “insuflado” que por vezes pode ocorrer com outros métodos
  3. Efeito gradual – os melhores efeitos sentem-se e notam-se a partir de mês e meio a 2 meses
  4. Rápido e simples (cerca de 30 min.)
  5. Possibilidade de combinação de diversos tratamentos (por ex. microagulhamento) com plasma rico em plaquetas, potenciando os seus efeitos

É indicado para que situações?

O PRP, nas suas vertentes estética e clínica, está indicado para:

  1. Pele madura ou envelhecida
  2. Alopecia (hereditária ou não-hereditária)
  3. Cicatrizes
  4. Feridas (crónicas)